• Superior Secundário MEG

  • olooo

FOTOS
VÍDEOS
EDITORIAS / Gastronomia Turismo

Festival de Inverno de Cunha: de 28 de junho a 28 de julho

25/06/2019

 

Inverno pede aconchego, comida gostosa e bebidas que esquentam. Fica ainda melhor no friozinho da serra, com boa música e ótimas companhias. Esses são os ingredientes do 26° Festival de Inverno – Acordes na Serra, que a Estância Climática de Cunha promove. Começa sexta-feira agora, dia 28 de junho, e segue até 28 de julho.

Para a edição deste ano, a Secretaria de Turismo e Cultura de Cunha preparou uma agenda variada e espera receber cerca de 60 mil turistas na alta temporada de inverno. A Praça da Matriz, onde ocorrerão os tradicionais shows ao ar livre, será o palco principal do Festival, mas outros locais da cidade, como a Capela da Santa Casa e a Casa do Artesão, também receberão atrações especiais.

 

Como a cidade é reconhecida pelo seu polo de artes, artesanato e cerâmica, a abertura do evento, em 28 de junho, será em grande estilo, às 19 horas, na Casa do Artesão, com o lançamento do 1º Festival de Arte e Artesanato, exposição que ficará aberta até o fim de julho. Nessa abertura, o espaço também receberá as apresentações especiais da Folia do Divino e do Quarteto de Cordas Prestíssimo.

No mesmo dia, às 22 horas, haverá a abertura artística, com a apresentação da Grande Banda do Sertão, no palco principal do evento, na Praça da Matriz.
Uma novidade no festival deste ano será a integração da prova ciclística Big Biker – Etapa Cunha, em 30 de junho, que se juntará à 2ª Corrida Noturna – Revolução de 1932, em 27 de julho (prova pedestre que teve início no ano passado). As duas atividades vão movimentar a cidade com atletas, torcedores e visitantes, que poderão acompanhar as largadas e chegadas.

Também pela primeira vez, dentro da programação do Festival, a Lua na Luneta em Cunha, contará com a presença de astrônomos na cidade, que darão palestras e levarão equipamentos para o público observar a lua e as estrelas. E para quem gosta de fotografia, a exposição IX Varal Fotográfico vai retratar a história e as belezas da cidade, a partir de fotos feitas por diversos autores-fotógrafos locais.

Agenda variada

Para esquentar e embalar os turistas e moradores de cidade, o palco principal, montado para o evento na Praça da Matriz, vai receber apresentações musicais de jazz, blues, folk, samba, pop rock, rock rural, MPB e sertanejo nos fins de semana, de sexta a domingo, e no feriado prolongado de 9 de julho.
Entre os destaques desta edição, estão os shows de soul, de Frã Finamore (29 de junho); de blues, de Vasco Faé e Graça Cunha (5 de julho); de soul e black music, de Madmen’s Clan (6 de julho); de hip hop, soul e reggae, de Lud Mazzucati e Banda (6 de julho) ; de homenagem a Raul Seixas, de Chico Salem (13 de julho); de samba, bossa nova e choro, do Grupo Madalena (19 de julho); e de uma releitura de rock rural, com Tuia e Ana Vilela (27 de julho). Também haverá atração internacional: Alabama Mike, que vai embalar o público com muito blues, em 7 de julho; e os artistas cunhenses, que serão novamente valorizados em sua cidade natal.
Já no primeiro domingo do evento, em 29 de junho, os turistas e moradores da cidade poderão prestigiar as apresentações das bandas Senteria e Água de Mina. Depois, até o fim do evento, haverá shows de Duo Manacá da Serra, Os Federais, João Galvão e Pedro e Jeferson.

Rica gastronomia

Cunha também é reconhecida por sua culinária diversificada em pratos doces e salgados, feitos com ingredientes da região, como truta, pinhão, cordeiro, shitake e outros.

Durante o Festival de Inverno, variadas receitas preparadas com esses produtos poderão ser saboreadas na praça de alimentação, instalada próxima ao palco principal. Além disso, cardápios especialmente elaborados para a estação estarão disponíveis nos restaurantes locais, dirigidos por chefs renomados e reconhecidos pela excelência e qualidade.

26º Festival de Inverno – Acordes na Serra

28 de junho (sexta)
19h – Abertura Oficial do Festival de Inverno na Casa do Artesão: 1° Festival de Arte e Artesanato. Apresentação da Folia do Divino e do Quarteto de Cordas Prestíssimo
21h30 – Grande Banda do Sertão (Proac)

29 de junho (sábado)
22h30 – Frã Finamore – Homenagem ao Soul

30 de junho (domingo)
8h – Big Biker – Etapa Cunha (largada no Ginásio de Esportes)
15h – Banda Senteria (atração cunhense)
21h30 – Banda Água de Mina (atração cunhense)

5 de julho (sexta)
21h30 – Vasco Faé – participação especial de Graça Cunha

6 de julho (sábado)
17h às 23h – Lua na Luneta em Cunha (em frente à Igreja de São José da Boa Vista)
16h – Madmen’s Clan
17h – Coral Bem Te Canto
22h30 – Lud Mazzucati e Banda

7 de julho (domingo)
15h – Bebé Salvego e Felipe Salvego
22h30 – Alabama Mike (atração internacional)

8 de julho (segunda)
17h – Duo Manacá da Serra (atração cunhense)

9 de julho (terça)
14h – Os Federais (atração cunhense)

12 de julho (sexta)
21h30 – Kashmir

13 de julho (sábado)
20h – Recital de Violão MPB – Rafael Schimidt (Capela da Santa Casa)
22h30 – Chico Salem – Raul Vivo

14 de julho (domingo)
15h – Marcinho Eiras
21h30 – Paula Marchesini

19 de julho (sexta)
10h às 16h30 – 9º Varal Fotográfico – Cunha para o Cunhense (Praça da Matriz)
20h – Quarteto de Cordas Pau Brasil (Capela da Santa Casa)
21h30 – Grupo Madalena

20 de julho (sábado)
10h às 16h30 – 9º Varal Fotográfico – Cunha para o Cunhense (Praça da Matriz)
16h – Sianinhas (Proac)
22h30 – Marcelo Viola e Ricardo

21 de julho (domingo) – Dia da Festa do Divino
12h – João Galvão (atração cunhense)
15h – Pedro e Jeferson (atração cunhense)
21h30 – André Moraes e Banda

26 de julho (sexta)
21h30 – Peleco e Banda

27 de julho (sábado)
15h – Giliardi (Voz e Violão)
19h – 2ª Corrida Noturna – Revolução de 1932 (largada na Praça da Matriz)
22h30 – Tuia e Ana Vilela

28 de julho (domingo)
15h – Zilei Ribeiro – Projeto Acústico Groove Night
21h30 – Banda Vellin

MAIS LIDAS