• Superior Secundário MEG

  • olooo

FOTOS
VÍDEOS

Classificada na Fase 2, Lorena poderá flexibilizar a partir de 1º de junho

27/05/2020

O Governo do Estado anunciou nesta quarta-feira, 27 de maio, como se dará a flexibilização após a quarentena, a partir de 1º de junho. De acordo com o Plano SP, lançado hoje, o Estado foi dividido em regiões, que receberão classificações (fases 1 a 5), que serão avaliadas e reclassificadas a cada sete dias. No mapa, Lorena está classificada na Fase 2 (dentro da Regional XVII Taubaté). Isso significa que poderá haver flexibilização a partir de 1º de junho, porque a partir de agora, os prefeitos têm autonomia para flexibilizar os setores estabelecidos, por meio de decretos.

A seguir, as 5 fases de retomada da economia do Estado, todas seguindo os protocolos sanitários:

Fase 1 (vermelha – alerta máximo): liberação somente de serviços essenciais, indústrias e construção civil.

Fase 2 (laranja – controle): flexibilização em setores de menor risco, que incluem atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércios e shoppings, com restrição de fluxo e horários.

Fase 3 (amarela – flexibilização): liberação de bares, restaurantes, similares e salões de beleza.

Fase 4 (verde – abertura parcial): liberação das academias.

Fase 5 (azul – normal controlado): todos os setores em funcionamento, incluindo eventos, teatros e cinemas, mas ainda obedecendo os protocolos.

Em relação à Educação, ainda não há data prevista para o retorno das aulas. O assunto segue em discussão. Não foram citados, em nenhuma fase, segmentos como clubes, aulas esportivas, autoescolas, templos religiosos, entre outros. Por isso, há muitas dúvidas em relação à retomada da economia e dos serviços.

Como será, na prática

Portanto, a partir de 1º de junho, em Lorena, poderá haver flexibilização em setores de menor risco, que incluem as atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércios e shoppings, com restrição de fluxo e horários, seguindo os protocolos detalhados. No entanto, cabe agora ao prefeito Fábio Marcondes as decisões sobre Lorena, que deverão ser regulamentadas por meio de decretos.

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Lorena informou que novo decreto será assinado pelo prefeito amanhã (quinta, dia 28).

Consta do Plano SP que, para a flexibilização das cidades, as prefeituras têm que cumprir dois pré-requisitos: adesão aos protocolos de testagem e apresentar fundamentação científica para liberação, citando fatores locais relacionados ao município.

A avaliação que classifica as regiões nas fases de 1 a 5 acontecerá a cada sete dias, levando em consideração dois critérios: capacidade do Sistema de Saúde (número de leitos de UTI Covid por 100 mil habitantes + taxa de ocupação de leitos de UTI) e evolução da epidemia (ou seja, a capacidade de controlar a evolução, medida pelo número de casos, internações e óbitos). Lembrando que, no mapa, Lorena está na Regional XVII – Taubaté.

Uma região só poderá passar de uma fase para outra após 14 dias, desde que os indicadores de saúde estejam estáveis. O Governo do Estado também esclareceu que poderá rever a classificação em prazo inferior a 14 dias, em casos onde existam dados relevantes para tal medida. No entanto, é importante esclarecer que as regiões podem evoluir para as fases seguintes de flexibilização, mas também podem regredir, de acordo com os dados.

Este é o link do site do Plano SP, lançado hoje: https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/planosp/

Confira o Plano SP: Plano SP

Índice de isolamento social

De acordo com o Sistema de Monitoramento do Governo, Lorena chegou a atingir pico de 71% no índice de isolamento (10/4), tendo mantido, no mínimo, 58% até o dia 13 de maio. Dessa data em diante, o índice de isolamento social caiu e vem variando entre 47% e 51%.

O índice de isolamento não é critério para a classificação das regiões. No entanto, a consciência de que cada cidadão precisa fazer a sua parte está diretamente ligada ao aumento de casos ou controle da pandemia. Isso inclui seguir as medidas de higienização, uso de máscaras, o distanciamento mínimo entre as pessoas, não aglomerar e nem sair de casa desnecessariamente.

Aqui, você confere os protocolos sanitários do Governo de São Paulo: Protocolos do Governo de SP

Pandemia de Covid-19

A pandemia mundial de Covid-19 foi decretada em 11 de março, pela OMS (Organização Mundial de Saúde). No Estado de São Paulo, as medidas de isolamento social começaram a ser tomadas a partir de 13 de março, com recomendações. Já a quarentena, com determinações e restrições, começou a valer em 24 de março.

O Brasil registra, hoje, 391.222 casos confirmados de coronavírus e 24.512 mortes. O Estado de São Paulo tem 86.017 casos e 6.423 mortes. No site do Plano SP, Lorena aparecia hoje com 37 casos. Porém, esse número está defasado, porque de acordo com o último boletim da Secretaria Municipal da Saúde, divulgado ontem, a cidade contabiliza 54 casos confirmados.

MAIS LIDAS