• olooo

  • Superior Secundário MEG

FOTOS
VÍDEOS
EDITORIAS / Notícias

O passado é lugar de referência, não de residência”

15/10/2020

Carregamos na vida, por vezes, bagagem extras que nos custam a paz. Lamentações, julgamentos, críticas, fantasias do como poderia ter sido, mágoas, raivas, dores, frustrações, vitimismos, pirraças, expectativas alheias… e a vida, assim, fica a cada dia mais pesada…

O resultado de tanto dispêndio de energia ao carregar tais “bagagens” é normalmente mais frustrações, culpas, baixa autoestima, pensamentos negativos, mais mágoas e outra pá de sentimentos que só nos levam para o “menos”.

A grande pergunta é: o que de útil tem tudo isso no agora?

Não somos o que nos aconteceu. Somos o que escolhemos nos tornar diante do que nos foi caro no passado.

O caminho que nos leva adiante é aquele no qual entramos em sintonia com aquilo que se apresenta, da maneira que vem, ainda que não seja o que ou da forma que almejamos.

É possível fazer das frustrações e das adversidades da vida uma fonte, por mais difícil, doído, pesado e desafiador que possa parecer no momento; como algo que nos ajuda na maturidade e no exercício da humildade diante daquilo que é e ponto.

Solte suas bagagens, abandone o lugar de vítima da vida, faça uma geral no porão do pensamento e coloque todo o lixo para fora. Afinal, no agora, nada disso tem serventia. E recomece. A todos nós é dada essa oportunidade todos os dias.

Aquilo que não pode ser mudado exige sabedoria e concordância para continuarmos a caminhar para frente.

“O passado é lugar de referência, não de residência”.

Christiane Reis Rodrigues Fonseca

Psicóloga há mais de 20 anos, estudiosa do desenvolvimento humano e seus relacionamentos, mediação de conflitos e controle emocional.

Apaixonada pela filosofia sistêmica nos moldes de seu criador, Bert Hellinger;

Facilitadora das Constelações Familiares e Organizacionais;

Educação Sistêmica;

Terapeuta Sistêmica em Florais de Bach;

Especialista em Atendimento Terapêutico individual, casal e familiar no modo online.

Instagram: @christianefonseca.constelar

 

MAIS LIDAS